Facebook Ads: as ferramentas avançadas da plataforma

Olá pessoal.

Já falamos Como Conseguir Anúncios de Sucesso e O Segredo do Facebook Ads para que suas campanhas atinjam o sucesso na Vesteer.

Hoje vamos falar aqui de algumas ferramentas avançadas que o Facebook Ads oferece para que você obtenha maior conversão nos seus anúncios.

Para criar uma campanha otimizada para conversões (seja pensando em leads ou em vendas), você precisa entender melhor como isso funciona dentro do Facebook Ads. Nesta etapa, dois itens são muito importantes: seu pixel de conversão e a audiência do seu anúncios.

PIXEL DE CONVERSÃO
O pixel de conversão é o código que o Facebook Ads utiliza para rastrear as conversões a partir do seu anúncio (uma nova lead ou uma nova venda, por exemplo). Essa conversão é rastreada em janelas de tempo de 24h; ou seja, se o usuário clicar no seu anúncio, ele será rastreado por 24h para verificar se ele chega à página de conclusão do processo de conversão, onde deve estar o pixel. Este código é a primeira coisa que você deve gerar para anúncios focados em conversão.

Para isso, você deve ir em “Rastreamento de conversões”, no seu gerenciador de anúncios, e clicar em “Criar pixel”. Em seguida, basta selecionar o tipo de pixel e nomeá-lo. Feito isso, o Facebook lhe dará o código que você deve inserir no cabeçalho no seu Dashboard da Vesteer e ter suas campanhas rastreadas pelo Facebook. Veja a explicação do próprio Facebook sobre o que é o Pixel de Conversão aqui.

Pixel de Conversão-Facebook Ads-Como vender pela internet-Venda online sem custos e sem riscos-Comece seu negócio online agora-Crie e Venda produtos personalizados sem custos e sem risco
Pixel de Conversão – Facebook Ads

AUDIÊNCIA
Este é, também, um ponto vital. Deixe-me explicar o porquê: o Facebook Ads tem uma grande força como plataforma de mídia paga (PPC, pay per click) porque tem um grande poder de segmentação do público por gênero, idade, geolocalização e, principalmente, interesses.

Assim como o Google AdWords, por exemplo, e outras ferramentas digitais, ele permite que você direcione conteúdos especificamente para o público do seu produto ou serviço, sem atirar para todo o lado como comumente acontece no outbound marketing. E ainda tem a vantagem de 1 bilhão de usuários que compartilham a vida na plataforma… E você não deve desperdiçar isso!

Além disso, você precisa se preocupar com o tamanho do seu público. Se ele é grande demais, será muito difícil otimizar esse público para as conversões; se é pequeno demais, o mesmo anúncio aparecerá várias vezes para o mesmo usuário, e isso prejudica a experiência. É por isso que nos relatórios de campanha o Facebook Ads mostra a “Frequência” do anúncio e os percentuais de cliques e conversões. Existem alguns caminhos para a boa segmentação da audiência, e aqui vou comentar alguns dos principais.

a) Segmentação por perfil da persona/público de destino: este é o caminho tradicional de segmentação no Facebook Ads. Você deve estudar o seu público e direcionar os seus anúncios de acordo com a posição geográfica, o gênero e a idade do seu público-alvo, de sua persona. A partir daí, você irá definir os interesses desse público. Por exemplo, se você trabalha com marketing digital, inclua o nome de técnicas e ferramentas específicas do seu nicho, comumente procurados por sua persona: “PPC”, “Pay per click”, “Email Marketing”, “Facebook Ads”, “Conversion tracking”, etc. Neste caso, e em todos os demais (exceto o remarketing), sua frequência de exibição deve estar entre 1 e 1,5 (quanto mais perto de 1, melhor).

b) Remarketing: uma excelente estratégia para aumentar conversões vendas, é o remarketing. Ele é uma segmentação do item a seguir, mas quero tratá-lo em separado. Basicamente, é a exibição de um conteúdo, em formato de anúncio, para quem visitou seu site. Você já reparou que, muitas vezes, quando você procura um produto no MercadoLivre ou em qualquer outro site, ao voltar no Facebook o produto está lá sendo anunciado? Bingo! Isso é remarketing, e você também pode fazer isso. Para tal, basta ir em “Públicos”, no seu gerenciador de anúncios, em seguida selecionar “Público personalizado” e, por fim, “Tráfego do site”. Depois, defina o período de rastreamento (tracking) – que não deve ser maior do que 30 dias – e nomeie seu público. Daí, o processo é o de clicar na “engrenagem” para copiar o pixel e colar no cabeçalho da página que você quer rastrear. Para este tipo de anúncio, a frequência pode ser maior (e provavelmente será), mas não deixe passar de 8.

c) Público personalizado: além do remarketing, você tem opções de criação de público que são verdadeiras galinhas dos ovos de ouro! O Facebook Ads permite que faça upload de uma lista com e-mails, telefone ou IDs do Facebook para criar um público personalizado. Na prática isso quer dizer que, se você tem uma lista de e-mail marketing responsiva e otimizada, com clientes e prospectos, você pode fazer upload dessa lista de e-mails (ou simplesmente copiar e colar) para criar campanhas direcionadas para esses pessoas. Portanto, além dos disparos de e-mails, esses usuários verão também os anúncios. Será um mídia a mais para ganhar essa pessoa e gerar conversão. Para isso, basta ir em “Públicos”, no seu gerenciador de anúncios, em seguida selecionar “Público personalizado” e, por fim, “Lista de clientes”. Então, é só importar do MailChimp, subir o arquivo .csv ou copiar e colar os dados. Lembrando: a frequência aqui deve estar entre 1 e 1,5 (quanto mais perto de 1, melhor).

Públicos Personalizados-Facebook Ads-Crie e Venda produtos personalizados sem custos e sem risco-Comece seu negócio online agora-Como vender pela internet
Públicos Personalizados – Facebook Ads

d) Público semelhante: eis aqui outra maravilha proporcionada pelo Facebook Ads. O público semelhante é uma ferramenta poderosa que, basicamente, consiste na construção de uma audiência a partir de dados de similitude com um público já existente. Na prática, isso significa que você pode criar um público com as suas leads de e-mail marketing ou criar um público a partir dos curtidores de sua Fan Page e, em seguida, criar uma audiência maior a partir dos dados dessa lista. O que o Facebook faz é uma comparação de gênero, idade e interesses e busca pessoas similares. Assim você pode ampliar e otimizar seu alcance. Para isso, basta ir em “Públicos”, no seu gerenciador de anúncios, em seguida selecionar “Público semelhante”, definir a partir de que público existente você quer criar o novo semelhante e o(s) país(es) em que essa audiência deve estar e, por fim, definir o tamanho (quanto menor, mais similar e preciso; quanto maior, mais diverso e impreciso).

Para esses quatro itens de audiência, o Facebook mantém vários tutoriais em sua Central de Ajuda. Veja aqui.

Logo mais voltamos com mais informações sobre o Facebook Ads

Abraços

Vinicius Andrade
Equipe Vesteer Academy

* Esse texto foi adaptado do blog da Dialógica Comunicação
5 Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *